"Não é possível refazer este país, democratiza-lo, humaniza-lo, torna-lo sério, com adolescentes bricando de matar gente, ofendendo a vida, destruindo o sonho, inviabilizando o amor. Se uma educação sozinha não transforma uma sociedade, sem ela a sociedade tão pouco muda." Paulo Freire

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Um professor que aposta nas crianças:



¯Cria contexto instigante para as diversas formas de comunicação e expressão infantis;

¯Estabelece um clima de confiança para que as crianças se sintam seguras e construam uma auto-imagem positiva;

¯Na ação pedagógica, parte dos conhecimentos que os pequenos já possuem e propõe desafios que os façam avançarem;

¯Planeja atividades nas quais as crianças possam confrontar suas hipóteses e conceitos convencionais;

¯Observa as crianças no uso de objetos, materiais e nas interações, auxiliando-as a superar possíveis dificuldades, a interagir mais e melhor;

¯Prepara diariamente o ambiente para recebê-las, compartilhando com elas o registro da rotina para que possam se organizar no tempo e no espaço;

¯Coordena rodas de conversa, nas quais se privilegia a voz das crianças, para que se expressem e aprendam a ouvir umas as outras;

¯Favorece atividades para a construção de conhecimentos sobre o auto cuidado do outro e do ambiente em relação à higiene, conforto, proteção e segurança individual e coletivo;

¯Organiza os registros do percurso das crianças: pastas de desenhos, exemplos de escrita, fotografias de atividades no CEI etc;

¯Analisa as produções infantis sistematicamente e seleciona, com as crianças, aquelas que desejam expor;

¯Dá visibilidade, por meio de registros, para os aprendizados infantis, seus conflitos cognitivos, as soluções que encontram para resolver problemas;

¯Estuda e registra sistematicamente seu trabalho (filma,grava,escreve) para analisar a pratica educativa e socializa-la com os demais profissionais;

¯Mantém comunicação aberta com os familiares a fim de conhecer melhor as crianças, bem como para compartilhar o dia-a dia no CEI.

Bem-vindo, mundo!

Avisa-lá

Nenhum comentário: